Autor: Pedro Sasse

3º escritos suspeitos – Programação e caderno de resumos

Para acessar o caderno de resumos, clique aqui

Ler mais

3º Escritos suspeitos – INSCRIÇÃO DE TRABALHOS

Na década de 60, Dick Higgins, pioneiro na reflexão sobre a intermidialidade, utilizou o conceito de intermídia para designar um fenômeno que observava tomar forma a partir da década de 50 através de obras artísticas que não se conformavam nos limites de uma arte específica, tais como a pintura, a escultura, o teatro ou a […]

Ler mais

Indicações de leitura

Em outubro, tivemos, no canal Estudos de Literatura UFF no YouTube, o evento Conversas sobre literatura e cultura: violência e crime, no qual convidamos diversos autores e pesquisadores do tema para conversar conosco em quatro ótimas lives. Muitos dos participantes ficaram interessados em conhecer mais o trabalho dos nossos autores convidados, então fizemos uma lista […]

Ler mais

Hélio do Soveral e o Teatro do mistério

Aproveitando nossa primeira live na página Escritos Supeitos, no Facebook, trazemos hoje um site para apresentar um pouco da obra desse autor que, apesar de pouco lembrado hoje, é uma peça fundamental da literatura de crime no Brasil. Graças aos esforços de Dagomir Marquezi, temos no site Teatro de Mistério uma recuperação dos episódios do […]

Ler mais

Chamada de trabalhos para a Revista Abusões nº13. “O insólito em narrativas de crime, mistério e investigação”

A chamada para a 13ª edições do periódico acadêmico Abusões, com tema “O INSÓLITO EM NARRATIVAS DE CRIME, MISTÉRIO E INVESTIGAÇÃO” foi prorrogada até o dia 01 de março. Veja abaixo o texto de chamada do dossiê: No artigo “Quando a manifestação do insólito importa para a crítica literária”, Flavio García (2012, p. 14) afirma […]

Ler mais

Inscrição para o minicurso

O dia do nosso evento se aproxima. Teremos inscrição na hora, mas o espaço é limitado. Para garantir sua participação faça a inscrição prévia através do link abaixo: Fazer inscrição

Ler mais

As herdeiras de Miss Marple e a práxis cotidiana como tática de resistência, de Carla Portilho

“O objeto deste estudo é o romance policial produzido por escritores contemporâneos de origens étnicas e culturais marginais ao centro hegemônico de poder. Pretendo apontar os caminhos trilhados por esses autores na releitura desse gênero consagrado da literatura de massa, e discutir como esses autores não buscam conformar seus textos às fórmulas consagradas pela literatura […]

Ler mais

Chamada para minicurso

Para mais informações, entre em contato no nosso e-mail escritos.suspeitos@gmail.com ou visite nossa página no facebook.

Ler mais